Segurança do Trabalho
05/07/2022

Por que a gestão de SSMA é tão importante para o ambiente de trabalho?

Um ambiente de trabalho adequado é uma das garantias mais importantes para os colaboradores. Por isso, os gestores devem ficar atentos à SSMA, desenvolvendo boas práticas, realizando inspeções de segurança e adotando boas políticas para eliminar os riscos ocupacionais.

A gestão de SSMA lida com três fatores: saúde, segurança e meio ambiente (em inglês, HSE — Health, Safety and Environment). A partir dela, impactamos o ambiente de trabalho e protegemos o futuro da empresa, que será um local adequado para os profissionais trabalharem.

Logo abaixo, esclarecemos as principais dúvidas sobre o assunto. Continue a leitura e melhore as condições na sua empresa!

O que é SSMA?

A saúde, segurança e meio ambiente (SSMA) corresponde às estruturas, políticas e serviços internos para a empresa usar do trabalho com responsabilidade. Seu objetivo é eliminar ou minimizar riscos ocupacionais e ambientais, como doenças e acidentes no trabalho.

Boa parte das atividades é adequar a empresa à legislação, como CLT, leis trabalhistas específicas e normas regulamentadoras do trabalho (NRs).

Quais são os pontos de atenção em cada área?

A SSMA se baseia no cumprimento de requisitos. Na prática, a empresa atua para reduzir os impactos de sua atividade sobre as pessoas, atendendo a critérios de proteção da segurança, saúde e meio ambiente.

Segurança

A segurança é o primeiro critério, pois um ambiente inseguro não pode estar em funcionamento. As ações seguem uma ordem de prioridade. Primeiramente, tentamos eliminar e isolar os riscos ocupacionais, fazendo uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e de Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) como último caso.

Saúde

A saúde lida com os danos ao bem-estar do colaborador. Diferentemente do acidente, os danos à saúde envolvem riscos contínuos e prejuízos graduais, e o papel da SSMA é minimizar os efeitos do trabalho sob o corpo e mente do colaborador ao longo de sua jornada na empresa.

Meio ambiente

A terceira dimensão considera as consequências da atividade no meio ambiente, buscando prevenir ou compensar prejuízos. Há diversas questões, nesse sentido, ligadas ao ambiente de trabalho, que é o foco da SSMA, como destinação adequada de resíduos e contenção de riscos biológicos, físicos ou químicos.

Quais são os principais benefícios?

Uma boa gestão de SSMA beneficia a empresa tanto evitando problemas legais como criando vantagens competitivas. Confira alguns desses benefícios.

Mantenha-se em conformidade com a legislação

A empresa mantém-se dentro da legislação, bem como evita multas, suspensão de atividades, indenizações e outras punições.

Melhore o clima organizacional e bem-estar no trabalho

A saúde física e mental são condições indispensáveis para que o profissional entregue o melhor de si no trabalho. Por isso, as medidas de prevenção impactam o clima, bem-estar e, consequentemente, a produtividade.

Atue de maneira preventiva

A gestão de SSMA melhora a posição da empresa, que começa a antecipar e evitar problemas, em vez de apenas “apagar incêndios”.

Construa uma boa reputação

As boas práticas se traduzem em reconhecimento externo, por exemplo:

Ao pensar sua atividade com responsabilidade, a empresa tem diversos benefícios financeiros e de imagem. Além disso, consegue valorizar o bem-estar das pessoas e equilibrar a atuação com as questões ambientais.

Como implementar uma gestão de SSMA mais eficiente?

Algumas boas práticas podem causar um impacto positivo rápido na empresa, melhorando os resultados da gestão de SSMA. Separamos quatro delas, continue na leitura para conferir.

Trabalhe com métricas

O ponto de partida é organizar as métricas. Assim, a empresa pode entender quais são os problemas, bem como se as medidas adotadas foram efetivas. São exemplos:

Você também pode usar métodos qualitativos, como entrevistas e reuniões com as equipes. Procure escutar as pessoas sobre quais são os riscos identificados.

Faça treinamentos

A capacitação profissional minimiza os riscos de acidentes, doenças e incidentes ambientais. Dê atenção principalmente aos grupos expostos a riscos ocupacionais, como trabalho com substâncias químicas, materiais cortantes, perfurantes e atividades em altura. Também vale a pena usar o diálogo diário de segurança (DDS), reforçando um ponto, por dia, em alguns minutos de conversa.

Supervisione as rotinas

As rotinas devem ser supervisionadas para assegurar o cumprimento das diretrizes de segurança e consolidá-la como uma cultura. Aqui, é muito importante contar com inspeções bem planejadas e geridas com qualidade.

Usar a tecnologia como aliada

A tecnologia é uma grande aliada das inspeções de segurança. A partir dela, o gestor consegue planejar e acompanhar todas as atividades em tempo real, bem como ter acesso a indicadores e relatórios gerenciais.

As diversas automações vão ajudar os profissionais de SSMA a terem mais tempo para mapear e prevenir riscos ocupacionais e atuar junto dos processos e pessoas. Isso porque, os registros podem ser feitos em formulários digitais, e os dados consolidados pela plataforma, evitando horas de preenchimento e elaboração de relatórios.

As medidas de SSMA são indispensáveis, e você deve sempre reforçá-las. Ao se preocupar com as pessoas, a empresa tem diversos retornos de produtividade e o empenho nas tarefas diárias. Por isso, vale a pena investir em tecnologia para essa área.

Para aplicar os conceitos vistos neste conteúdo, confira também o artigo sobre os tipos de inspeção de segurança e faça supervisões mais efetivas na sua empresa!

Escrito por Philippe Aymard

Leia Também