Blog
17/11/2021

Tipos de inspeção de segurança: conheça quais são e quando fazer

Os diferentes tipos de inspeção de segurança são indispensáveis para prevenir e reduzir acidentes no trabalho. Neles, identificamos riscos e verificamos se as diretrizes de segurança estão sendo cumpridas.

Além disso, o histórico produzido com a repetição de inspeções permite que o gestor compare os resultados anteriores e posteriores. Logo, é uma forma de avaliar a evolução da empresa e a efetividade das medidas implementadas.

Neste conteúdo, explicamos quais são os tipos de inspeção de segurança e quando elas devem ser aplicadas. Continue a leitura e adote boas práticas na sua empresa!

O que são inspeções de segurança?

As inspeções de segurança são vistorias realizadas no ambiente de trabalho, em busca de comportamentos inseguros, riscos ocupacionais e falhas de segurança.

Para isso, os profissionais usam de checklists (listas de verificação) com cada um dos itens que devem ser avaliados. Logo, verificam de forma detalhada os pontos-chave para evitar que os acidentes de trabalho aconteçam.

Perceba a importância dessa prática, pois haverá um passo a passo para prevenir acidentes. Não à toa, as inspeções de segurança estão entre os procedimentos mais importantes de segurança do trabalho.

Detectar possíveis condições perigosas

As inspeções permitem identificar condições perigosas. As condições podem estar no ambiente, em máquinas, em equipamentos ou no comportamento dos colaboradores, entre outros pontos de atenção.

Corrigir métodos inadequados

A inspeção busca que todos os procedimentos necessários sejam adotados. É o caso, por exemplo, de quando é feita a inspeção nos EPI’s, avaliando se estão sendo utilizados corretamente.

Reduzir encargos trabalhistas

Inspeções efetivas geram resultados financeiros. O fator acidentário previdenciário (FAP), por exemplo, é um indicador que se baseia na quantidade de acidentes de trabalho dos últimos dois anos. Ao reduzi-los, a empresa reduz as taxas do RAT.

Minimizar a chance de processos

Além disso, os cuidados ajudam a empresa a ficar em dia com a legislação trabalhista, evitando rescisões, multas, indenizações e outros prejuízos.

Quais são os tipos de inspeção de segurança?

Os tipos de inspeção de segurança se diferenciam conforme o alcance e o momento de realização. Cada uma das cinco modalidades mais importantes tem objetivos específicos, que devem ser considerados ao montar as checklists.

Inspeção geral

A inspeção geral é realizada na empresa ou ambiente de trabalho como um todo, sendo um check-up completo da segurança e saúde no trabalho. Na prática, ela deve acontecer de maneira periódica e será anual, semestral, trimestral, etc. a depender das características da empresa.

Inspiração de rotina

As inspeções de rotina verificam as condições de segurança antes de executar uma tarefa ou iniciar as atividades profissionais. São utilizadas, por exemplo, para identificar problemas em máquinas, observar se o EPI está em boas condições, avaliar a higienização de ambientes, entre outras práticas.

Inspeção eventual

As inspeções eventuais são realizadas sem uma frequência estabelecida. São úteis, por exemplo, para surpreender os colaboradores com fiscalizações ou para coletar dados para a análise preliminar de riscos.

Inspeção de risco ou especiais

As inspeções especiais ocorrem quando alguma particularidade exige a presença de especialistas, aparelhos técnicos ou métodos específicos de testagem.

Inspeções oficiais

As empresas também estão sujeitas a inspeções externas dos órgãos públicos, geralmente por profissionais do Ministério do Trabalho. E, nos casos de inspeções oficiais, as atividades se voltam para facilitar o processo e disponibilizar os documentos solicitados.

O que pode ser considerado um risco potencial?

A necessidade de aplicar as inspeções de segurança pode ser identificada pela presença de elementos que possam trazer riscos. Itens que sempre devem chamar a atenção do profissional de segurança do trabalho são os seguintes:

Vale ressaltar que a tecnologia facilita as avaliações. Com formulários digitais, conseguimos aplicar listas mais detalhadas sem que isso prejudique o trabalho. Além disso, posteriormente, os dados podem ser utilizados para gerar relatórios e calcular indicadores de desempenho, com automação de tarefas.

As inspeções de segurança são fundamentais para o sucesso do negócio e merecem investimento por parte das empresas, não apenas para o cumprimento da legislação. Ao prevenir acidentes e doenças, reduzimos custos para a organização e melhoramos a qualidade de vida dos nossos colaboradores.

Gostou do conteúdo? Então, confira o post “Por que é importante formalizar a entrega de EPI’s e como um software pode te ajudar nessa tarefa” e comece entendendo como fornecer equipamentos de proteção individual corretamente!

Escrito por Philippe Aymard

Leia Também