Otimização e desempenho
29/09/2021

Manutenção preditiva: o que é e quais suas vantagens

A manutenção preditiva é uma das rotinas mais importantes para garantir o funcionamento seguro de uma operação. Nela, verificamos condições que, ao serem sanadas imediatamente, evitam prejuízos futuros.

Normalmente, a prática está relacionada a máquinas e equipamentos. No entanto, também pode ser relevante em outras áreas, como no setor de TI, com as manutenções em softwares, servidores e microcomputadores.

Para facilitar o entendimento desse conceito, explicamos o que é manutenção preditiva e quais são os seus benefícios. Continue a leitura e tire as suas dúvidas!

O que é manutenção preditiva?

A manutenção preditiva é o conjunto de rotinas e metodologias para verificar a presença de condições anormais e perigosas em máquinas, equipamentos e outras tecnologias. Além disso, está ligada à otimização do recurso para que ele entregue o máximo de produtividade e eficiência.

Abaixo, entenda o que faz esse conceito ser fundamental para o bom funcionamento das empresas!

Garantia do funcionamento da máquina ou equipamento

Na manutenção preditiva, gerenciamos riscos. Ao identificar uma condição anormal ou perigosa, resolvemos o problema imediatamente e minimizamos a probabilidade de danos futuros. É um investimento na operação, tendo em vista que, ao arcar com um custo menor rapidamente, evitamos uma despesa maior no futuro.

Cuidados com a segurança no ambiente de trabalho

Além disso, a inspeção de segurança é uma das ferramentas que podem servir para fins preditivos.. Em uma análise preliminar de riscos, por exemplo, um dos itens a serem considerados é a presença de fatores de risco em máquinas e equipamentos, como ruídos, vibrações, peças soltas, chance de incêndio e obstrução de partes internas.

Otimização do desempenho da tecnologia

As manutenções preditivas têm, ainda, um papel relevante para tirar o máximo de proveito dos recursos de tecnologia utilizados. Limpezas, lubrificação, correções de software, substituição de peças desgastadas em computadores e outros dispositivos e diversas outras ações podem deixar hardwares e softwares numa condição de funcionamento ideal, afetando positivamente a produtividade da operação.

Como funciona uma manutenção preditiva?

A manutenção preditiva é realizada com testes, observação e coleta de dados. Um conceito importante, nesse sentido, é a lista de verificação — que serve de roteiro para que nenhum item deixe de ser avaliado.

No entanto, os tipos de checagens realizadas variam bastante conforme o tipo da tecnologia sob manutenção. Alguns exemplos são os seguintes:

Uma forma eficiente de realizar a manutenção preditiva é usando formulários e relatórios digitais. Essa prática vem se tornando referência por reduzir custos, erros e retrabalho, bem como automatizar tarefas, pois os dados coletados vão alimentar o sistema de gestão, sem a necessidade de digitação manual.

Quais são os benefícios da manutenção preditiva?

A manutenção preditiva é como um investimento nas operações, e os retornos podem ser vistos nos benefícios trazidos por essa prática gerencial. Confira os principais!

Melhoria contínua

Os equipamentos, máquinas e demais objetos de avaliação são analisados para alcançarem seu melhor desempenho. E, com os relatórios, são aplicadas medidas para garantir a produtividade, segurança e eficiência da tecnologia. Por isso, a manutenção preditiva está ligada à melhoria contínua.

Redução de custos

O maior impacto está nos custos. As manutenções resolvem problemas em estágio inicial, quando ainda não causam grandes prejuízos e despesas. Além disso, minimizamos as interrupções da operação, planejando o momento mais propício para aplicar as correções.

Maior tempo de vida útil de equipamentos

Também está ligada a conservar o equipamento ou máquina. Normalmente, o próprio fabricante traz as instruções para preservar as condições da tecnologia e, assim, aumentar a sua vida útil. E, quanto mais tempo a tecnologia operar, maior será o retorno para o investimento realizado em sua aquisição.

Conformidade com padrões de segurança

Por fim, ela é uma forma de evitar acidentes e doenças no ambiente de trabalho. Afinal, a inspeção de segurança é uma das principais opções de manutenção preditiva e deve ser uma preocupação para que as pessoas tenham um ambiente de trabalho em condições adequadas para exercerem suas atividades.

Agora que você já conhece a manutenção preditiva, adote essa prática como parte da cultura da sua empresa. Trata-se de uma estratégia com benefícios de longo prazo, especialmente em relação aos resultados financeiros.

Este conteúdo gerou valor para você? Então, siga a DKRO no Facebook, LinkedIn e Instagram e acompanhe nossas publicações sobre gestão e tecnologia!

Escrito por Philippe Aymard

Leia Também